ESTUDO DIRIGIDO DE PSICOPATOLOGIA
Letícia Maria Furlanetto
 
 
Psicopatologia é a ciência que estuda as anormalidades psíquicas. O método utilizado pela psiquiatria como ferramenta para diagnóstico sindrômico e nosológico é a fenomenologia. Portanto este estudo dirigido é de psicopatologia fenomenológica, que baseia-se na descrição dos fenômenos psíquicos, conforme sejam observados ou relatados. O importante na fenomenologia é descrever o que é vivido diretamente pelo indivíduo. 

Você quer estudar psicopatologia? Então siga as instruções abaixo. 

· Leia os seguintes livros: 

1) JASPERS K. Psicopatologia Geral. 2a. ed. Rio de Janeiro: Atheneu, 1979. 
2) NOBRE DE MELLO AL - Psiquiatria. 3a. ed. Rio de Janeiro: Guanabara Coogan, 1980. (ler a segunda parte).
3) PORTO, Celmo C.- Semiologia Médica - 3a. ed. Rio de Janeiro: Guanabara Coogan, 1997 (ler a parte de psiquiatria). 

· Responda as perguntas abaixo.

· Verifique se respondeu corretamente lendo os seminários da disciplina de psiquiatria II que podem ser encontrados na parte de destaques desta homepage. 
 
 

Aula: Consciência, atenção e orientação 

1) Quais funções psíquicas auxiliam na avaliação da consciência?
2) Explique e exemplifique os seguintes termos: entorpecimento ou torpor, obnubilação e estreitamento da consciência.
3) O que é necessário para que um indivíduo esteja orientado? Explique quais funções psíquicas que, quando alteradas, podem levar a uma alteração da orientação. Exemplifique, citando cinco síndromes nas quais ocorrem estas alterações.
4) Cite as formas de desorientação que existem. 
5) O que é vigilância e quando pode estar alterada?
6) O que é tenacidade e quando pode estar alterada?
7) Descreva a síndrome confusional ou psicorgânica aguda. Quando pode ocorrer? 
 
 

Aula: Afetividade, humor e sensopercepção

1) Qual a diferença entre afeto e humor?
2) Explique e diga quando podem ocorrer:

a) Labilidade afetiva 
b) Incontinência afetiva 
c) Embotamento afetivo
d) Ambitimia
e) Paratimia
f) Neotimia 
g) Hipertimia
h) Hipotimia
3) Explique a diferença entre os termos e diga quando podem ocorrer estas alterações:
a) Ilusão
b) Alucinação
c) Pseudo-alucinação
d) Alucinose
4) O que são alucinações hipnagógicas e hipnopômpicas?
5) Explique a diferença entre esses tipos de alucinação: Sinestésica, Cinestésica e Cenestésica. 
6) Quais os tipos de alteração da sensopercepção vistos com freqüência na esquizofrenia? e no transtorno mental orgânico? e nos transtornos por uso de substâncias?
7) Descreva a síndrome depressiva e a síndrome maníaca. Cite quando podem ocorrer. 
 
 

Aula: Memória, inteligência, vontade e psicomotricidade 

1) Explique o que é memória imediata, de fixação e de evocação. Quando ocorrem?
2) O que diz a Lei da Regressão Mnêmica de Ribot?
3) Quais os tipos de déficit de memória de evocação e quando podem ocorrer?
4) O que são confabulações? 
5) Na prática diária quais pontos de referência podemos utilizar para avaliar a capacidade intelectiva?
6) Diferencie deficiência mental de demência e diga que dados no exame psíquico podem nos auxiliar na diferenciação das duas.
7) Descreva e diga quando ocorrem:

a) Estupor* 
b) Inquietação psicomotora 
c) Agitação psicomotora 
d) Obediência automática
e) Flexibilidade cérea
8) Descreva a síndrome demencial. Cite quais doenças mais freqüentemente a causam.
* na psiquiatria este termo é utilizado de forma diferente do que na neurologia. Na neurologia é uma alteração da consciência e na psiquiatria é uma alteração da psicomotricidade. 
 
 

Aula : Pensamento, delírio e consciência do Eu. 

1) Defina o que é pensamento e diga como podemos avaliá-lo.
2) Cite e explique as alterações da forma do pensamento que ocorrem com freqüência na esquizofrenia.
3) Explique os seguintes termos, dizendo quando podem ocorrer: fuga de idéias, inibição do pensamento, perseveração, verbigeração e prolixidade.
4) Citando as características de cada um e dizendo em que situação ocorrem diferencie: delírio primário ou verdadeiro, ideação deliróide e idéia sobrevalente.
5) Quais os tipos de ideação delirante primária existem. Quando ocorrem?
6) Quais as alterações da consciência do Eu podem ocorrer e qual a sua importância?
8) Como explorar idéias delirantes?
9) Como estão freqüentemente as funções psíquicas de pacientes com síndrome delirante-alucinatória? Quando ocorre mais frequentemente? 
 


 

Home